Estilo científico de redação

 

O estilo da redação científica caracteriza-se precipuamente por clareza, simplicidade e correção gramatical. A clareza na redação é obtida quando as ideias são apresentadas sem ambiguidade, o que garante a univocidade (característica do que só pode ser interpretado de uma única forma); a clareza está relacionada com o domínio de conhecimento que se tem de determinado assunto.

 

Orientações para elaborar um texto científico de qualidade[1]:

 

1. Exponha as ideias com clareza e objetividade.

2. Utilize linguagem direta.

3. Redija com simplicidade, sem resvalar para o supérfluo e sem descambar para o excessivamente coloquial. Enfoque a matéria e particularize os pontos necessários para a comunicação sem recorrer a um estilo prolixo, retórico ou confuso.

4. Use vocabulário técnico somente para o estritamente necessário. Seja rigoroso e preciso em seu uso, a fim de evitar que seu texto se torne hermético.

5. Evite escrever períodos muito longos. Prefira as frases curtas.

 

A unidade e a precisão são outras características a serem destacadas na redação de um trabalho científico. A unidade é obtida quando cada parte do estudo conduz à seguinte numa sequência lógica e ordenada entre capítulos e itens de um mesmo capítulo. Com tal ordenação, o texto terá também a característica de coerência. Para se alcançar maior precisão, é necessário que cada expressão utilizada traduza, com exatidão, o que se quer transmitir.

 

Para textos em Português:

Use a terceira pessoa do singular. Evite referências pessoais, como “minha tese”, “neste meu estudo”. É mais correto e elegante usar expressões como “a presente tese”, “no presente estudo”. Também é desaconselhável usar a primeira pessoa do plural para indicar impessoalidade. Por exemplo: “nossa tese”, “neste nosso estudo”, o que é aceitável em textos produzidos em língua inglesa.

 

 

 

 

[1] Dib et al. (2012). Roteiro para apresentação das teses e dissertações da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Rede Sirius – Rede de Bibliotecas UERJ: Rio de Janeiro.